lewis prisma

Por

LEWIS

Publicado em

Agosto 16, 2018

Tags

Transformação Digital

A base da transformação digital é aquilo que se comunica interna e externamente.


Transformação Digital. Enterprise 2.0. Social Business. Todas estas expressões são palavras “buzz” dos últimos tempos que descrevem uma mudança no negócio. Porém independentemente da forma como descrevemos esta mudança, é óbvio que esta evolução assenta naquilo que se comunica internamente e externamente.

Internamente a liderança deve ser clara e concisa especialmente quando comunicamos objetivos de negócio, visão, alterações organizacionais, novas implementações tecnológicas ou qualquer outra plataforma que afete a cultura da empresa. As equipas internas devem aprender a ser abertas e transparentes relativamente aos projetos e programas em que estão a trabalhar, recolhendo feedback de outras equipas dentro da organização. Incitar este comportamento, irá promover a colaboração e acelerar o processo de inovação. Quer se trate do lançamento de novos produtos ou serviços, quer da introdução rápida de novos produtos no mercado, a capacidade de responder efetivamente às questões dos clientes online, ou até a capacidade de estabelecer uma boa relação com influenciadores externos (media, jornalistas ou clientes), uma equipa coesa e empenhada traz vantagens competitivas para o negócio, no futuro.

Este comportamento não começa simplesmente com o CEO, ou outros executivos C-level. Esta é uma responsabilidade de todos.

Externamente, as organizações devem aprender a conectar-se através de conversas com vários stakeholders. Isto significa que as empresas devem pensar além dos métodos tradicionais de gestão de meios, social media, comunicações executivas e todas as outras atividades de marketing. Atualmente, sente-se que o mercado procura um ecossistema onde se conecte com os clientes, colaboradores, influenciadores e até os meios necessários para se conectarem com um tema relevante. O velho ditado que defende conversações entre dois interlocutores é ainda mais importante quando os clientes, o valor de marca, o crescimento e a receita estão causa.

A razão universal desta mudança no negócio prende-se com confiança. As pessoas confiam em pessoas. Está no nosso ADN, relacionarmo-nos com aqueles que partilham os mesmos interesses, especialmente no negócio. A falta de confiança nas comunicações de marca é evidente. Os clientes, os influenciadores, os colaboradores e os meios já tornaram este ponto claro: este é o futuro do negócio.

Contacte-nos