Rui Ferreira Pinto

Por

Rui Ferreira Pinto

Publicado em

Novembro 27, 2018

Tags

Comunicação, Email, Inbound Marketing, Marketing, Redes Sociais

Aproveite a melhor altura do ano para vender produtos e captar contactos.


O Natal é normalmente a época mais esperada por todas as marcas, e por todo o lado podem-se ver campanhas de marketing alusivas a esta altura do ano. Desde descontos de preços, publicidade nos vários meios, divulgação de campanhas nas redes sociais ou e-mail marketing, tudo serve para valorizar a marca e destacá-la da concorrência.

O Natal é uma oportunidade de ouro para conquistar novos clientes e é por isso fundamental definir uma estratégia certeira.

estrategia de marketing natal

As 8 melhores estratégias de marketing no Natal

Ter uma estratégia de marketing e comunicação definida desde cedo poderá – e muito – contribuir para o sucesso das campanhas. Segundo um estudo elaborado pela Google, cerca de 26% dos consumidores começam a fazer as suas compras de Natal em outubro, é por isso importante que as marcas estejam preparadas para dar resposta ao “boom natalício” desde cedo.

 

1. Personalizar produtos e serviços

As “edições de Natal” são uma ótima estratégia para aumentar as vendas. Um produto que seja personalizado para esta época, para além de se destacar dos restantes, será uma edição limitada. Esta sensação de exclusividade faz com que o consumidor se sinta atraído por este tipo de coleções especiais.

A criação de kits de presentes é também uma estratégia clássica para aumentar as vendas e escoar algum do stock que possa estar a ganhar pó no armazém. Alguns dos exemplos mais vistos no mercado são normalmente os kits “maquilhagem + batom”, “consola + jogo” e “perfume + creme”.

 

2. Mobile é a solução

Já não é novidade para ninguém que os dispositivos móveis deixaram de ser o futuro para passar a ser o presente. Grande parte das pesquisas efetuadas online são provenientes destes dispositivos, e a própria Google cada vez mais beneficia os websites mobile friendly.

Se os consumidores estão a optar por fazer as compras via mobile, então porque razão as marcas ainda não apostaram tudo nesse sentido?  O e-commerce é cada mais utilizado, no entanto muitas marcas ainda não aproveitam as potencialidades da venda online.

 

3. Captar contactos com landing pages

Uma campanha de Natal é a forma ideal de captar contactos. E como fazer isso?

Landing pages.

Uma landing page é uma página orientada para a conversão, ou seja, a captação de contactos. Tipicamente são páginas com poucos elementos, compostas por um texto explicativo, uma imagem ou vídeo (ou nenhum dos dois) e um formulário para preenchimento em troca de uma oferta.

Comece por criar uma landing page específica para a campanha de Natal e atraia os consumidores para ela. Em troca do contacto, ofereça benefícios exclusivos como: códigos de desconto em compras; portes pagos; etc.

landing page natal

4. Inbound Marketing

O conceito de Inbound Marketing surgiu nos Estados Unidos e pode ser traduzido em marketing de atração. A grande diferença entre o este e o marketing tradicional – também chamado de Outbound Marketing – é que no Inbound, quem procura a empresa é o cliente e não o contrário.

Para que os clientes procurem a empresa, esta terá de produzir conteúdo relevante, via blogs, vídeos ou outros. Ao adicionar conteúdo à loja virtual, irá atrair os potenciais consumidores a efectuarem compras.

Se, por exemplo, estiver a promover uma consola, conteúdos como “As potencialidades da consola X” ou “Os melhores acessórios para a consola X”, podem fazer com que o cliente compre não só a consola como algum acessório. Se publicar os conteúdos uns meses antes, aumentará a probabilidade de estar bem posicionado nas pesquisas na época natalícia.

 

5. Ações nas redes sociais

Utilizar as redes sociais para promover os suas campanhas de Natal é essencial. Segundo o Estudo de Natal 2017 da consultora Deloitte, “a principal finalidade das redes sociais é a pesquisa de produtos, seguida da procura de ideias para presentes e da verificação de preços”, no entanto este tem sido um processo em constante evolução.

Comece por definir qual o seu público alvo, estude as potencialidades de cada rede social e escolha a mais adequeada para cumprir o objetivo.

O Facebook é mais frequentado por utilizadores com idades compreendidas entre os 25 e os 34, enquanto que o Instagram é mais utilizado por jovens entre os 16 e os 24. Em termos de potencialidades, o Facebook permite que coloque várias imagens, com preços e links dos produtos. O Instagram por sua vez, é uma plataforma mais visual mas ainda assim com outras potencialidades como os stories e transmissões em directo, tão populares hoje em dia.

Crie conteúdo, gere tráfego e interaja com o público. Se não vender no Natal, poderá vender no futuro.

 

6. Campanhas de e-mail Marketing

Já criou landing pages e já obteve contactos. E agora? Como poderá utilizar esses contactos recolhidos?

Agora que já despertou o interesse do seu público, é chegado o momento de se relacionar com ele.

Durante os meses antes da época natalícia, comece a planear as suas campanhas de e-mail marketing. Segmente os contactos da forma que for mais conveniente, prepare os textos (tenha atenção à escrita), as imagens e tudo o resto que compõem um bom e-mail.

Não faça como a maioria das empresas que se limita a enviar uma mensagem de boas festas para toda a base de dados de clientes. Segmente e crie conteúdos focados em grupos específicos. Se enviar ofertas dirigidas às pessoas que já demonstraram interesse em comprar um artigo, terá muito mais probabilidade que estas o comprem.

Personalização nas campanhas de e-mail marketing é muito importante.

 

7. Sorteios e concursos

Sorteios e concursos estão entre as estratégias de Marketing mais utilizadas durante o Natal. Poucas ações têm um alcance tão grande. Neste período de muitas compras e gastos elevados, qualquer oportunidade para ganhar algo gratuitamente é bem recebido juntos do público.

Promova um sorteio clássico ou explore outros conceitos para estimular a participação das pessoas. Envio de frase, fotos, vídeos, são algumas das ideias.

Não se esqueça no entanto de verificar junto das entidades próprias, quais as regras legais para criar sorteios.

 

8. Identidade de Natal

Vista a camisola.

Comece a preparar a mudança – ainda que temporária – de imagem da empresa e das redes sociais. Considere alterar as fotos de perfil das redes e talvez colocar algumas imagens alusivas à data. Sem muito esforço irá ficar dentro do espírito de Natal.

 

Na LEWIS Portugal podemos ajudá-lo nas suas campanhas de Natal e ao longo do ano. Somos uma agência de comunicação global que presta serviços de consultoria, vendas & marketing, digital e relações públicas.

Não hesite em contactar-nos e tenha um feliz Natal!

Contacte-nos