Logo Lewis prisma

Por

LEWIS

Publicado em

Novembro 12, 2018

Tags

Comunicação, Marketing, Relações Públicas

Aprendemos a comunicar desde crianças, porém a comunicação vai muito além de saber falar, ler e escrever.


A comunicação é fundamental para os profissionais de relações públicas. Para ter sucesso ao longo da carreira, é essencial saber como lidar com ideias diferentes, ultrapassar barreiras na negociação ou até perder o medo de falar em público. Existem diversas técnicas que podem ser utilizadas e – caso um profissional as domine – isso irá provavelmente impulsional de forma positiva as suas relações com possíveis clientes ou até quem sabe, aumentar os seus ganhos.

Veja quais são as 11 técnicas de comunicação para relações públicas que consideramos essenciais:

Escrita

Apesar do crescimento da novas tecnologias, as habilidades de escrita continuam a ser críticas para o sucesso das relações públicas e do marketing. Nestas áreas é essencial que os textos sejam claros, concisos, convincentes e livres de erros. Quem trabalha em relações públicas deve também dominar o estilo de escrita em “pirâmide invertida”, uma abordagem jornalística que coloca os pontos principais em primeiro lugar e só depois os detalhes de suporte.

Se precisar de ajuda nesta área, veja como melhorar a sua escrita em 12 passos. Irá ficar surpreendido com os resultados.

 

Falar em público

Ter habilidade para falar em público é uma necessidade. No dia a dia de um profissional de relações públicas – ou marketing – é frequente que este se encontre perante clientes, jornalistas, políticos, entre outros. A capacidade para falar em público é composta por três competências que terá de dominar: saber analisar uma audiência; saber escrever um discurso; e saber como falar.

Os profissionais de relações públicas compreendem e respondem às necessidades do seu público. Discursos convincentes começam com uma declaração de atenção e incluem uma mensagem clara, uma pré-visualização dos pontos principais, os pontos principais, um resumo e uma conclusão final. Ao efetuar o discurso, é importante manter o contacto visual, utilizar diferentes tons de voz, falar calmamente e não recorrer aos “aaah” ou “tipo” para preencher os espaços vazios.

liderança

Seja um líder

Os verdadeiros lideres são mestres na arte da comunicação.

Para cumprir os objetivos das campanhas, é muitas vezes exigido aos profissionais de RP e marketing que trabalhem com uma equipa multi disciplinar de escritores, designers, editores e técnicos. Para que esse trabalho aconteça de forma eficaz, terá de exitir uma boa capacidade de liderança para unir o grupo. Profissionais experientes deverão saber – mediante as necessidade do grupo –  os prós e os contras da várias teorias de liderança, tais como, a liderança transformacional, transacional ou participativa. Utilizam também a empatia para inspirar e responsabilizar os membros da equipa nas tarefas que lhes são atribuídas.

 

Linguagem corporal

Praticamente 97% da comunicação não é verbal. Por vezes é mais importante, não aquilo que se diz, mas sim a mensagem que se transmite sem que seja necessária uma única palavra.

Profissionais de relações públicas e marketing utilizam também diversas técnicas de comunicação para dar ênfase a mensagens verbais e/ou escritas. Utilizando o contacto visual, a postura confiante, o sorriso, gestos e escuta ativa, a mensagem poderá ser passada de forma mais clara para os clientes ou equipa.

 

Mostrar empatia

A empatia é uma caracteristica poderosa que um profissional de relações públicas ou marketing deverá exercitar. Ao demontrar empatia, irá permitir que a interação com uma ou mais pessoas tenha resultados mais proveitosos. É através da empatia que se criam pontes de comunicação entre as pessoas.

Se existe alguma ideia ou mensagem para passar, é essencial saber qual a melhor forma de a transmitir e fazê-la ser bem compreendida. Pelo contrário, ao receber uma mensagem, é essencial que o profissional se envolva e tente sentir o que a pessoa está a sentir, não fazer julgamento precepitados, procurar encorajar na resolução do problema e, se possível, oferecer a ajuda.

 

Escuta ativa

Escuta ativa é uma das competências mais subestimadas e que podem torná-lo num melhor comunicador de forma instantânea. Trata-se de uma técnica de comunicação em que – num diálogo – o ouvinte comece por interpretar e compreender a mensagem de quem lhe está a ser transmitida.

Quando alguém fala, gosta de ser ouvido. Ao não prestar a atenção devida ao que está a ser transmitido, boa parte da informação poderá ser “perdida” ou mal interpretada pelo ouvinte.

 

Faça as perguntas certas

Um bom comunicador é aquele que faz as perguntas certas no momento certo. Estar atento durante um diálogo é essencial para que isso aconteça. Ao colocar questões pertinentes, isso mostra à outra pessoa que o assunto em questão tem interesse.

Dar preferência a perguntas abertas – evitando assim as respostas “sim” ou “não”- são uma ótima forma de desenvolver uma conversa e encorajar o outro a explorar o assunto.

Não tente ser a pessoa que dá a melhor resposta, mas sim a que faz a melhor pergunta.

 

Dar resposta aos conflitos

Um profissional de relações públicas contacta com diversos tipos de pessoas – cada uma com as suas convicções e ideias – será por isso normal que em algum momento um conflito aconteça. Um conflito geralmente surge por problemas de comunicação. Opiniões diferentes ou mal-entendidos poderão dar origem a um problema que seria facilmente evitado. Mas atenção! No caso de se gerar um conflito, evitar o confronto não é a solução.

Dar resposta a um conflito de uma forma controlada, racional, objetiva e focada nos problemas é geralmente um bom método. É também importante definir qual o conceito de vitória numa troca de argumentos – se “ganhar” o argumento propriamente dito, ou apenas “ganhar” à pessoa.

negociacao

Negociação

A negociação é definida como um processo entre duas ou mais partes, que compartilham de interesses comuns e onde todos podem beneficiar de tal transação caso cheguem a uma conclusão bem sucedida. É essencial perceber se a outra pessoa deseja negociar e qual o alvo pretendido.

A comunicação, seja ela verbal ou não verbal, é essencial para que os negociadores alcancem os resultados esperados e solucionem quaisquer divergências que – inerentes ao processo de negociação – possam surgir. Sendo a informação a principal fonte de poder num processo negocial, o profissional deverá saber de que forma realizar as perguntas, bem como os momentos em que deverá ouvir a outra parte para modificar ou melhorar a sua abordagem.

Deve-se procurar obter um resultado em que ambas as partes ganhem e não apenas a parte interessada.

 

Discurso de elevador

Por vezes a oportunidade para fechar um negócio acontece no momento mais inesperado. O termo “discurso de elevador” (ou elevator pitch) começou a ser utilizado tendo por base uma situação em que um profissional tem apenas 30 segundos – o tempo da deslocação do elevador – para apresentar a sua proposta a um futuro cliente.

Em poucos segundos é importante:

  • Despertar a curiosidade do ouvinte de forma a que ele queira saber no futuro;
  • Ser formal Q.B.;
  • Utilizar expressões “sexy” que estejam na moda;
  • Demonstrar convicção;
  • Focar no que realmente interessa.

Esta é uma das técnicas de comunicação que poucas pessoas dominam e que, pessoalmente ou por email, poderá fazer a diferença entre o sucesso e o insucesso.

 

Autenticidade e confiança

Provavelmente esta será a regra mais importante de todas. A confiança é importante em duas vertentes: a aparência ao transmitir uma mensagem e enquanto relação profissional-cliente.

Na primeira, a confiança provém do conhecimento. Ao perceber do que se está a falar, a segurança virá por inerência. Praticar muito, adotar uma linguagem corporal positiva e ter coragem para agir é normalmente o suficiente.

Relativamente à relação profissional-cliente, a confiança é a base de qualquer relação. Um bom profissional de relações públicas é honesto, realista e não trai os seus valores, pois ao ter respeito para consigo mesmo, irá ser respeitado.

 


Na LEWIS Lisboa temos especialistas em comunicação prontos para o ajudar. Desde media training, passando pela gestão de crise ou comunicação empresarial, estamos preparados para dar resposta a qualquer necessidade.

Entre em contacto connosco.

Contacte-nos